Parentes e amigos do comerciante Reginaldo Storrer organizaram um pequeno e pacífico protesto hoje de manhã, em frente à Delegacia de Homicídios (DH), na Rua Ermelino de Leão, Centro de Curitiba. Com faixas e cartazes contendo fotos do rapaz e mensagens de paz e justiça, cerca de dez pessoas pediam agilidade da polícia na captura do comerciante José Zamprogna, de 64 anos, acusado de assassinar o motoboy em 21 de março, na BR-476, entrada da Vila São Pedro, Xaxim. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)