O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), assina hoje, às 14h30, ordem de serviço para início das obras do viaduto estaiado, da trincheira do Guabirotuba e de outras melhorias viárias na Avenida das Torres. O investimento de R$ 97 milhões faz parte do projeto Corredor Aeroporto/Rodoferroviária, do PAC da Copa. A execução está a cargo do consórcio J.Malucelli/C.R Almeida.

Criticado em virtude do alto custo (mais de R$ 84 milhões), o viaduto suspenso por 21 cabos de aço passará por cima da avenida no cruzamento com a Rua Francisco H. dos Santos. Os cabos serão ancorados num pilar de 69 metros de altura. O viaduto terá 25 metros de largura com duas pistas de circulação de veículos em cada sentido, além de ciclovias nas laterais. O objetivo é melhorar a ligação viária entre os bairros Boqueirão, Hauer, Xaxim, Uberaba e Jardim das Américas, Cajuru e BR-277, beneficiando 300 mil moradores.

Já a trincheira na Rua Guabirotuba terá duas faixas de circulação no sentido Jardim Botânico e vai complementar o binário Chile/Guabirotuba. A Rua Guabirotuba chegará com três faixas até a trincheira, mas uma delas deriva para o acesso à Avenida das Torres, sentido São José dos Pinhais.

Ainda no primeiro lote de obras estão previstas melhorias em 6.800 metros de vias da região, como aumento das faixas de rolagem. Também estão previstas ciclovias nos dois lados de toda a avenida, perfazendo 20 quilômetros até a divisa com São José dos Pinhais. As calçadas serão refeitas com novo piso antiderrapante e toda a iluminação da avenida será trocada.

Este é o quinto lote de obras do PAC da Copa iniciado em Curitiba. Segundo a prefeitura, a revitalização da Rodoferroviária começará neste semestre e a obra na Avenida Cândido de Abreu acontecerá no início de 2013.