A queda de um avião de pequeno porte em Cascavel, região oeste do Paraná, deixou três pessoas mortas e uma gravemente ferida, na tarde deste domingo (17). O acidente com aeronave ocorreu nas proximidades da PR-486, em uma área rural da cidade. O avião estava com o piloto e três pessoas da mesma família.

Além do piloto Magnus Padilha, o médico cardiologista Eduardo Philippi e sua filha Fernanda Philippi, de 12 anos, morreram no local. Graziela Philippi, esposa de Eduardo, foi socorrida em estado grave. Eles voltavam de Santa Catarina, onde tinham ido passar o feriado da Proclamação da República.

+Viu essa? Nota Paraná muda e passa a ter até prêmio milionário. Entenda!

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, Graziela Philippi foi resgatada em estado grave e encaminhada ao Hospital Universitário de Cascavel. Ela passou por cirurgia e se recupera do procedimento, mas segue em estado gravíssimo.

Investigação

Testemunhas do acidente contaram que ouviram o motor da aeronave parar e logo em seguida o estrondo do impacto. O avião caiu entre as arvores, de ponta cabeça, e ficou completamente destruído.

Representantes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa), da Aeronáutica, devem chegar no início da tarde para investigar as causas do acidente. Por conta disso, os destroços seguem no local.

Bombeiros passam a noite ao lado de vítima ferida em trilha da Serra do Mar