enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Trabalhadores da Repar entrem em greve amanhã

Petroleiros construíram uma pauta de reivindicações em relação à segurança

  • Por Redação

Assembleias realizadas pelo Sindipetro Paraná no último sábado definiram pela deflagração de greve por tempo indeterminado na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, com início à zero hora de amanhã. Segundo o sindicato dos trabalhadores, o motivo da paralisação é a insegurança com relação ao trabalho na refinaria, situação agravada após o acidente na Unidade de Destilação (U2100), ocorrido no dia 28 de novembro, que causou explosão, incêndio e paralisou a produção.

Durante as assembleias, os petroleiros construíram uma pauta de reivindicações em relação à segurança. Aumento do número de empregados próprios, recuperação da unidade atingida, cumprimento das normativas sobre cursos de capacitação e integração dos funcionários contratados para o restabelecimento da unidade com a empresa, cumprimento das recomendações de inspeção de equipamentos e o acompanhamento rigoroso da saúde dos trabalhadores que combateram o incêndio e também dos que atuaram na limpeza da U2100 são alguns dos pontos da pauta.

Além disso, os petroleiros decretaram assembleia em caráter permanente, realização da “operação segura” (cumprimento austero das normas de segurança) e a criação de um abaixo-assinado de renúncia coletiva dos integrantes da Equipe Operacional de Resgate (EOR). A pauta foi encaminhada à direção da Repar e uma reunião entre representantes da empresa e do Sindipetro está marcada para hoje, às 10h.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas