Foto: Lucimar do Carmo
Foto: Lucimar do Carmo

A partir de hoje, os mais de um milhão de usuários do transporte coletivo de Curitiba terão que desembolsar R$ 0,10 a mais.

A passagem de domingo, ?a domingueira?, continua a R$1, como permaneceu ontem. Porém, hoje a tarifa de ônibus já está custando R$ 1,90. A partir de agora, os mais de um milhão de usuários pagantes do transporte coletivo terão que desembolsar R$ 0,10 a mais. Segundo a Urbs, o novo preço possibilita o restabelecimento do Fundo de Urbanização de Curitiba e também novos investimentos, principalmente em renovação da frota.

De acordo com a Prefeitura, a tarifa se manteve a R$ 1,80 por quase dois anos, desde junho de 2005. No período que ficou sem reajuste, as alterações nos preços dos itens da planilha eram suportadas com dinheiro do Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC). Para recompor o saldo, segundo o presidente da Urbs, Paulo Schmidt, o reajuste agora é necessário. Entre os benefícios que vêm com o novo preço, Schmidt pontua os 194 novos ônibus que devem começar a circular neste ano e os ?novos terminais?.

Região metropolitana

A princípio o reajuste recai apenas sobre a tarifa da Rede Integrada de Transporte de Curitiba (RIT), de segunda a sábado. A dúvida é se a passagem da linha metropolitana também será alterada. Como no fim de semana, o diretor-presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Alcidino Bittencourt Pereira, estava em Brasília, ele ficou de comentar o assunto ainda hoje.