A descida de skate pela estrada velha da Graciosa, no bairro Rio do Meio, Quatro Barras, foi fatal para o estudante de engenharia William Camargo, 21 anos. Por volta das 11h desta quinta-feira (18), ele e um amigo, de 16 anos, identificado apenas como Otávio, foram atropelados por um caminhão caçamba, que subia a estrada sentido BR-116.

Os dois foram atingidos em uma curva, que oferece visibilidade ruim. Outros três amigos, que estavam um pouco atrás, disseram à polícia que o caminhoneiro subia pela contramão.

Entretanto, como o homem fugiu do local após atropelar os dois skatistas, a polícia não tinha a versão dele. Por causa do estado de choque, os amigos das vítimas não lembravam da placa do veículo, apenas que era vermelho.

O rodado passou em cima de William, que morreu na hora. Otávio foi socorrido de helicóptero ao Hospital do Trabalhador, em estado grave. Os dois usavam equipamentos de segurança e segundo a polícia, costumavam praticar na região.

Férias

O pai de William, Jair Ribeiro Camargo, disse que o rapaz andava de skate há pouco mais de três anos. “Ele já tinha caído, mas gostava do esporte e treinava sempre com os amigos. Passou para o segundo ano do curso de engenharia e estava em férias. Estava com tempo livre e de manhã disse que ia andar de skate e voltava para o almoço”, descreveu.

A família mora no bairro Tingui em Curitiba. “Ontem fez sete anos que a mãe dele morreu. Agora temos que conviver com mais esta perda. O sonho dele era ser profissional no esporte”, lamentou Jair.

Os três amigos que testemunharam o acidente foram ouvidos por uma equipe do 22.º Batalhão da Polícia Militar e o inquérito fica com a delegacia de Quatro Barras.