A Secretaria Estadual de Educação (Seed) divulgou nota contestando algumas das declarações dos professores publicadas ontem por O Estado, a respeito do edital de concurso para os docentes. Segundo a assessoria de imprensa, apenas dois dos 12 itens não foram resolvidos na reunião que a secretária da Educação, Sueli Seixas, teve ontem com representantes da categoria. Ainda sem data definida, ficou previsto um novo encontro para debater a questão salarial e os cargos do “fundinho” (celetistas que passaram a condição de estatutários, sem concurso).

Uma das reclamações dos professores era a respeito do número de vagas oferecidas, 13 mil. Segundo a nota da Seed, o número de vagas foi oferecido com base no cálculo de profissionais celetistas, para que possam passar a condição de estatutários. Mas o Estado vai continuar tendo a necessidade de contratar profissionais para cobrir aulas que fiquem aquém de 20h. A lei proíbe a contratação de professores com carga horária inferior.

Quanto à exigência de conhecimentos em informática, a Secretaria diz que ela é apenas um dos cinco itens da prova de conhecimentos básicos e tem um peso inferior aos demais. Esta área não vai eliminar candidatos que tenham conhecimentos suficientes em outras áreas avaliadas. A respeito do conhecimento em a Língua Brasileira de Sinais, o professor não precisa dominar o assunto, mas ter uma visão genérica sobre a existência da legislação que trata o tema.

Quanto à não abertura de vagas para professores formados em filosofia e sociologia, estas disciplinas não integram o núcleo comum do currículo e sim a parte diversificada. Estas disciplinas são opcionais das escolas e isto impossibilita a abertura de vagas para estes profissionais. Os pedagogos também ficaram de fora, segundo a Seed ainda há um número expressivo habilitado pelo concurso ParanáEducação e que tem com validade até 2004. Já a contração de funcionários poderá ocorrer no próximo governo.

Segundo a Seed, não existe referência bibliográfica porque o objetivo é valorizar o raciocínio do docente. As questões dizem respeito a conhecimentos adquiridos durante a vida acadêmica.

As inscrições para o concurso estão abertas e se encerram dia 27 deste mês, com extensão até o dia 29 pela internet.