O governador Beto Richa sancionou ontem a lei que aumenta a hora-atividade dos professores da rede estadual de educação do Paraná, antiga reivindicação da categoria. Agora, os professores terão mais tempo para se dedicar à preparação de aulas, correção de provas e estudos. O projeto foi proposto pelo próprio governador e aprovado por unanimidade pelos deputados em maio passado.

Agora, o texto do Plano de Carreira do Quadro Próprio do Magistério do Paraná define um terço da carga horária para o professor trabalhar na escola sem interação com o aluno. A nova lei começa a ser aplicada no segundo semestre deste ano. Das 20 horas-aula semanais, os professores terão tempo de seis aulas exclusivo para planejamento de trabalho, atendimento aos familiares, pesquisa e outras atividades que precisam ser feitas fora de sala de aula, mas dentro da escola.

Para assegurar o impacto pedagógico da medida, a Secretaria e a APP-Sindicato trabalham juntos numa proposta para que a ampliação da jornada extraclasse acrescente qualidade, atualidade e profundidade aos conteúdos trabalhados pelos professores em sala de aula.