Trabalhadores e ex-funcionários das lojas das redes de supermercados Wal Mart, Angeloni, Big e Mercadorama de Curitiba e região entre setembro de 2007 e agosto de 2010 são convocados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Mercados (Siemerc) para buscarem na Justiça diferenças salariais referentes aos domingos trabalhados durante o período.

O sindicato ganhou a ação na Justiça Trabalhista sob a justificativa que as redes não respeitaram mudança na lei que garantia folgas aos trabalhadores. Até 2007, a lei permitia que o funcionário trabalhasse três domingos e folgasse um. Mas, naquele mesmo ano, medida provisória passou a estabelecer o limite de dois domingos trabalhados e folga no terceiro. Segundo o Siemerc, cerca de quatro mil trabalhadores devem ser beneficiados, inclusive aqueles que não estão mais nas empresas.

“Foi uma vitória para a categoria e estamos pedindo o pagamento da diferença pelo não cumprimento da lei na época”, afirma João Daniel Silva, diretor do Siemerc. O sindicato agora pede aos trabalhadores que se enquadrem nas datas do processo e procurem a instituição para que seja feita a lista de qualificação.

Listagem

“Vamos encaminhar uma lista de trabalhadores que exerceram suas funções no período estipulado no processo. O trabalhador precisa nos procurar para mostrar o quanto cada um trabalhou exatamente. Basta nos procurar com RG, CPF e carteira de trabalho. Agora é momento de reunir essa informações para fecharmos a lista e enviar à Justiça”, orienta Silva.

A Associação Paranaense de Supermercados (Apras) prometeu o posicionamento das redes ao Paraná Online, que não havia chegado até o fechamento desta edição.