O governador Roberto Requião anunciou na escola de governo de hoje (15) a autorização para contratar projeto de duplicação da PR-092, mais conhecida como Rodovia dos Minérios.

Requião, porém, ainda não garantiu a disponibilização de recursos para efetivar a obra. “Todos sabemos que o Estado sofre com a falta de recursos para investir em estradas. Só o Cide (Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico) caiu 45%. Mas toda jornada precisa de um primeiro passo”, discursou o governador.

A duplicação Rodovia dos Minérios é antiga reivindicação dos municípios ao Norte da Região Metropolitana de Curitiba.

No começo do setembro, a pista chegou a ser fechada por moradores em mobilização denominada “Rodovia dos Minérios – Duplicação Já!”.

A principal reclamação é a frequência de acidentes no trecho. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária, cinco pessoas morreram e 22 ficaram feridos no trecho entre Curitiba e Rio Branco do Sul entre janeiro e julho deste ano.

A pista recebe tráfego pesado de caminhões transportadores dos ramos de cimento e minérios das cidades de Rio Branco do Sul, Almirante Tamandaré, Doutor Ulysses, Cerro Azul e Itaperuçu, além do fluxo de moradores dos municípios que se deslocam diariamente para Curitiba.