enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Retrospectiva 2013

Relembre as notícias que marcaram o mês de novembro

Crime de uma idosa de 85 anos e fuga cinematográfica tiveram destaque

  • Por Jonatan Silva

Uma idosa, de 85 anos, foi roubada e agredida até a morte, por assaltantes que haviam invadido o seu apartamento, no bairro Mercês, em Curitiba. Enoy da Conceição Pito, antes de morrer, foi amordaçada pelos seus algozes, que reviraram todo o seu apartamento e depois permaneceram no pátio do prédio.

O irmão da vítima foi quem incialmente sentiu a falta da idosa, quando por volta das 16h tentou ligar para ela e não obteve resposta. A polícia foi, aos poucos, capturando os envolvidos nessa barbárie.

Cuspindo no prato…

A prisão do analista de sistemas Mendelson Botelho é a prova de como a inteligência pode ser usada par ao mal. Ele usou todo o seu conhecimento de informática para fraudar caixas eletrônicos. O malandro aplicou o golpe do “cospe nota”, até então pouco conhecido no Paraná.

“Ele retirava a parte da frente do caixa eletrônico e conectava seus equipamentos para dar o comando à máquina para liberar as notas. Por isso o nome de ‘cospe notas’”, explicou o delegado Leonardo Carneiro, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Botelho foi flagrado pela polícia e acabou indo para a cadeia.

Final do mundo

Moradores da Colônia Santa Gabriela, em Almirante Tamandaré, precisam programar seus compromissos conforme a tabela de horários da linha de ônibus Mateus Leme, cujo ponto final é na esquina das ruas das Laranjeiras e das Amoreiras. O problema é que os horários do ônibus são escassos. A linha não funciona aos sábados, domingos e feriados.

Mordida

Nem todo mundo percebeu, mas as principais redes de supermercados de Curitiba e região já começaram a informar na nota fiscal o cálculo do valor médio de impostos pagos em cada compra. A novidade está prevista em lei federal de dezembro de 2012, cuja implementação foi prorrogada para junho de 2014.

Em linhas gerais, todos os fornecedores de bens e serviços devem discriminar do preço final os impostos “federais, estaduais e municipais” nos cupons, porém, a informação não conta com precisão matemática, baseia-se na metodologia aplicada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).

Aliocha Maurício
Suspeito foi preso na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Professor do sexo

O professor de Educação Física Antônio Carlos Pereira, o “Dinho”, 45 anos, foi preso em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, suspeito de estuprar meninos de oito a 16 anos. De acordo com a polícia, ele se aproveitava da função de professor em uma escola particular de Quatro Barras e de “olheiro” de clubes de futebol para aliciar as vítimas.

A investigação da delegacia de Campina Grande do Sul aponta que a maioria das vítimas tinha menos de 14 anos, mas o número de garotos abusados não foi divulgado, já que o processo corre em segredo de Justiça. As denúncias foram feitas por mães de vítimas, no início do ano, e outros garotos foram identificados. Com base nesses indícios, a Justiça decretou a prisão preventiva de “Dinho”.

Bandidagem atrapalhada

Gritos da cliente de uma joalheira na Rua Mendes Leitão, a uma quadra de um shopping no Centro de São José dos Pinhais, frustraram o assalto de seis marginais, dois deles menores de idade.

Enfurecidos por terem de correr sem levar nada, da calçada começaram a atirar contra o estabelecimento, mas acertaram, sem querer o integrante que ia mais atrás. O ladrão morreu na hora, com duas mochilas vazias nas mãos.

Átila Alberti
Cápsulas de calibre 12 ficaram pelo chão após tiroteio.

Velocidade máxima

A tentativa de policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), de interceptar um carro roubado na esquina da Rua Marechal Hermes e Travessa João Bonn, a uma quadra do Museu Oscar Niemeyer (MON), Centro Cívico, provocou tiroteio e perseguição no início da tarde do dia 8.

Dois bandidos foram capturados horas depois a caminho de Colombo. Uma caminhonete Tucson foi apreendida com a dupla, que não teve o nome divulgado. A polícia espera prender o resto da quadrilha no fim de semana.

Valentão

Ensandecido pela briga com a ex-mulher, José Neri da Costa, 54 anos, arrebentou uma viatura da Polícia Militar (PM) com uma barra de ferro. Ele ainda tentou agredir os policiais que foram em socorro da mulher.

Um dos militares se viu obrigado a atirar numa das pernas de José para contê-lo, antes que levasse um golpe com a barra. O homem foi levado ao Hospital Cajuru e, assim que tiver alta, vai direto para a delegacia, em flagrante pela Lei Maria da Penha (violência doméstica) e depredação de patrimônio público.

Aliocha Maurício
Foram encontrados cachorros de diversas raças no canil clandestina. Confira imagens dos animais.

Canil clandestino

Canil clandestino, com 54 cachorros, foi fechado no Xaxim, em ação conjunta da Polícia Civil, Guarda Municipal e Rede de Proteção Animal (RPA) da prefeitura. A operação aconteceu após denúncia de uma ONG, que registrou os animais retirados do local e comercializados em feira de filhotes.

Os cães eram criados numa casa na Rua Gabriel Freceiro de Miranda, em péssimas condições de higiene. Em praticamente todos os cômodos, havia gaiolas e cercados, com grande quantidade de fezes e urina. Os animais encontrados são das raças yorkshire, poodle, lhasa-apso, pequinês, maltês e beagle.

Briga reveladora

Uma briga de casal terminou com a apreensão de aproximadamente 20 quilos de maconha na Rua Esper Jorge Chueri, no bairro Cajuru.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia, o homem agrediu a mulher e a colocou para fora de casa. Depois, a vítima pediu apoio dos policiais militares do 20º Batalhão para retirar seus pertences de dentro da casa e contou que havia drogas no local.

Nem adivinhou

A cartomante charlatã ‘Dani’ e o marido foram presos depois de tirar mais de R$ 380 mil de um casal que não queria o namoro de seu filho. O grupo de estelionatários foi preso em uma mansão luxuosa no batel.

Lineu Filho
Oficinas se recusam a fazer concertos enquanto não receberem do governo do Estado.

Colapso na PM

O governo do Estado não paga vários fornecedores há alguns meses, e quem paga seus impostos em dia corre o risco de ficar com menos segurança. Viaturas e ambulâncias começaram a parar por falta de combustível, justamente nesta época em que mais pessoas vão às compras por causa do Natal e precisam de mais policiamento nas ruas.

Em entrevista à Tribuna, quando assumiu o cargo, o comandante da Polícia Milita, coronel Cesar Vinicius Kogut, disse que já havia sido resolvido o problema de falta de combustível. Porém, o problema ainda existe e se agrava a cada dia. Os únicos estoques da PM e do Corpo de Bombeiros estão acabando. O governo ainda deve R$ 10 milhões para oficinas mecânicas credenciadas. Os estabelecimentos se negam a atender enquanto o montante não for pago.

Negócio fechado

Dois homens foram presos suspeitos de pertencer à quadrilha que lesou vários clientes da revenda Tigrão Veículos, no Sítio Cerc,ado, causando prejuízo estimado em R$ 600 mil.

Após meses de investigações, policiais civis do 10º Distrito Policial capturaram Valmor Dutra, em Peabiru. Outro suspeito, Aldir Pereira de Azevedo, já havia sido preso em Aragoiania, Goiás. O dono da loja e outras duas pessoas estão foragidos.

Engando na hora da morte

Lucas de Moraes Amaral, 18 anos, caminhava pela Rua Pasteur, Jardim Campo Alto, em Colombo, ao lado da namorada e do irmão dele quando foi atingido por dois tiros. A polícia apurou que o atirador é um rapaz conhecido no bairro como Maicon. Ele se aproximou da vítima, estendeu uma das mãos para cumprimentá-la e com a outra apontou a arma.

Lucas morreu na hora, a poucos metros da casa de parentes. Ele morava em Pinhais e teria retornado à casa da mãe, para levar roupas de crianças. “Não se sabe se são dos filhos dele ou do irmão. O autor já o aguardava e rondava o local desde manhã. A namorada disse que Lucas e Maicon eram amigos”, disse o tenente Mayer.

Vulcão

Fábio Ricardo Tavares, 25 anos, o “Vulcão”, foi contido pela polícia quando tentava fugir para dentro de casa, no Jardim Guaraituba, Colombo. Policiais militares do 22º Batalhão tentaram abordá-lo, por suspeitarem que o rapaz estivesse com drogas.

Ele reagiu a ação dos PMs e se desvencilhou deles. Porém, foi agarrado novamente alguns metros à frente, então começou a lutar com os policiais, que tiveram dificuldade para dominá-lo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas