A intensificação das atividades das polícias, do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e de outros órgãos ligados ao setor contribuiu, segundo o governo do Estado, para redução de 20,3% nas mortes registradas no trânsito em todo o Paraná, no ano passado. A queda corresponde a 519 mortes a menos no trânsito em comparação a 2012.

De janeiro a dezembro, 2.036 vítimas constam nos inquéritos de homicídios culposos de trânsito instaurados pela Polícia Civil, enquanto em 2012, foram 2.555. Os dados são da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria da Segurança Pública. Em Curitiba, foram registradas 191 mortes, uma diminuição de 19,7%. Na região metropolitana, a queda foi de 33,8%. O BPTran registrou 1.172 prisões por embriaguez ao volante, contra 802 no ano anterior. O comandante do BPTran, tenente-coronel Valterlei Mattos de Souza, destaca que muitos acidentes ocorrem em cruzamentos sinalizados (cerca de 40%). O relatório monstra que houve 32 vítimas de homicídio culposo de trânsito na Cidade Industrial; 13 no Tatuquara; 12, no Centro; e 10, no Pinheirinho. São os bairros que concentraram o maior número de ocorrências.