Dois acidentes deixaram três pessoas mortas na BR-277, na madrugada de hoje (17). Por volta da 1h, um casal morreu em uma colisão envolvendo um carro e uma moto, em Curitiba. Já perto de 5h30, um homem morreu atropelado em São José dos Pinhais.

O motorista do veículo atropelador fugiu do local. Leonir dos Santos Camargo, 20 anos, e Cecília Carneiro Santana, 37, estavam em uma Honda CG quando, no quilômetro 81 da BR-277, no bairro Cajuru, foram atingidos na traseira pelo Gol G5 de São José dos Pinhais ASU-4745.

A moto ficou presa ao carro, de pé, e foi arrastada por alguns metros. O casal foi arremessado do veículo e morreu na hora, com fraturas múltiplas. O corpo de uma das vítimas destruiu o párabrisas do veículo.

Já no final da madrugada, um homem que não portava documentos foi encontrado morto no quilômetro 75, em São José dos Pinhais, completamente mutilado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que ele possa ter sido atropelado por mais de um veículo, devido ao estado que ficou o corpo. Ele não portava documentos e vestia tênis branco, calça jeans com cinto preto, uma bermuda preta por baixo e uma touca preta.

As imagens de monitoramento da Ecovia, concessionária que administra o trecho da rodovia, poderão ajudar a polícia a identificar os veículos que atropelaram o homem e fugiram sem tentar prestar socorro à vítima.

Outro

Sebastião Mendes, 43 anos, morreu atropelado às 23h20 de domingo no quilômetro 116 da BR-116, quase em frente ao Ceasa, no Tatuquara, em Curitiba. O motorista do carro envolvido no atropelamento tentou socorrê-lo e, sem sucesso, acionou a PRF.