Foto: Anderson Tozato

Mauro Moraes: projeto já aprovado.

A votação do projeto de lei (PL) que quer obrigar a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) a divulgar mensalmente dados da criminalidade no Paraná, marcada para ontem, acabou sendo retirada da pauta da Assembléia Legislativa (AL) e transferida para a tarde de hoje. O autor do PL, deputado Mauro Moraes (PMDB), afirma que o projeto já foi aprovado pelas comissões permanentes da casa e seguiu para plenário com aprovação em primeira discussão.

O projeto dos índices de criminalidade quer tornar lei a divulgação periódica de números de ocorrências e vítimas, detalhados por tipo e região do Estado, no Diário Oficial, internet e demais veículos de comunicação. O objetivo, aponta o deputado, é mostrar como anda a violência no Paraná e desencadear ações de prevenção, tanto por parte da população como dos agentes públicos.

Audiências

Ontem, a Comissão de Segurança Pública da AL também realizou a primeira de uma série de audiências públicas do Movimento Curitiba Sem Violência. Segundo Mauro Moraes, que preside a comissão, a reunião foi o pontapé inicial para a realização de encontros que discutirão o tema em diferentes bairros de Curitiba e na região metropolitana. O deputado afirma que, nos próximos encontros, pretende levar números da criminalidade relativos às regiões abrangidas pelas discussões. Até agora, porém, ele afirma não tê-los em mãos, estando no aguardo da Sesp para informá-los.