Uma passeata com 2 mil professores da rede estadual de ensino complicou o trânsito no Centro de Curitiba na manhã desta terça-feira.

Os educadores realizaram um dia de paralisação e pedem um reajuste salarial. A categoria também defende um piso salarial nacional.

No Estado, os professores querem uma reposição da inflação de 2009, além de um aumento de quase 26%. Outro ponto é melhores condições de saúde para os funcionários.

Na manifestação de hoje, os docentes utilizaram faixas e caminhão de som e seguiram até o Palácio das Araucárias, no Centro Cívico, sede do governo.

Comissão de negociação do APP-Sindicato se reuniu com representantes do governo para discutir as reivindicações dos professores. O governo aceitou negociar uma proposta melhor do que a apresentada anteriormente, que era de 5% de reajuste. No próximo dia 27, a categoria se reunirá novamente para discutir se haverá ou não mais mobilizações parecidas com as que ocorreu hoje.

Mais informações na edição desta quarta-feira nos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná.