Professores e funcionários das escolas estaduais reuniram-se ontem no Colégio Estadual do Paraná (CEP), em Curitiba, para definir os rumos da mobilização da categoria. Na última sexta-feira, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná (APP-Sindicato) recebeu um documento da Secretaria de Estado da Educação (Seed), no qual o governo estadual se compromete a analisar as reivindicações do plano de carreira até o fim do mês, implantar o cargo de 40 horas no segundo semestre e a dar continuidade ao debate sobre reajuste salarial.

A partir desse compromisso, a categoria decidiu intensificar a mobilização, com debates nas escolas, para informar a sociedade sobre as reivindicações até 9 de agosto, dia em que foi marcada uma nova assembléia, na qual devem ser avaliados os avanços das negociações. Segundo o professor e secretário de imprensa da APP, Luiz Carlos Paixão, caso não haja atendimento concreto da pauta de reivindicações até lá, a possibilidade de greve pode voltar a ser discutida.

Uma das principais bandeiras dos professores é a equiparação salarial com os outros funcionários do governo do Estado que possuem mesma carga horária e mesma escolaridade. Os professores exigem também aprovação do plano de carreira dos funcionários; implantação do cargo de 40 horas para os professores; implantação da Lei n.º 11.301/2006, que institui o direito à aposentadoria especial para pedagogos e diretores de escola; redução do número de alunos por turma e melhoria do atendimento à saúde dos educadores. Na próxima sexta-feira, o plano de carreira será debatido em um encontro estadual de funcionários das escolas.

?Já fizemos quatro mobilizações nesse primeiro semestre, que criaram condições para que o governo percebesse o descontentamento da categoria?, afirmou o professor e presidente da APP, José Rodrigues Lemos. A última assembléia dos professores foi no dia 17 de maio, quando ficou decidida a realização de aulas de 30 minutos, no dia 28 de maio, e a paralisação no último dia 4, que reuniu mais de 90% da categoria, segundo a APP.