A primavera, que começa oficialmente na próxima terça-feira, dia 23, ás 7h47 da manhã, trará mais chuvas para o Paraná. Segundo boletim do Simepar (Instituto Meteorológico do Paraná) divulgado ontem elas devem ocorrer em maior volume que no inverno, quando foram registrados os menores índices do ano no Paraná. Ventos fortes, granizos e raios devem ocorrer geralmente associados as chuvas intensas que fazem parte do clima de primavera. As maiores temperaturas deverão ser registradas nas regiões Oeste e Sudoeste do estado, favorecendo as pancadas de chuvas na área. Em todo o Estado, a temperatura gradativamente deve alcançar na parte da tarde 25 º C.

Flores e alergias

Como a primavera é a “estação das flores”, também traz a preocupação com as alergias. O médico alergologista e professor do Hospital de Clínicas, Nelson Rosário Filho, explica que as flores com cores e perfumes não causam alergias. “O principal problema é vegetação rasteira, o capim azevém, grande causador de alergias no aparelho respiratório e também nos olhos, provocando conjuntivite e muita coceira”. “Depois de invernos rigorosos, as polinizações são mais intensas, também o sol intenso favorece a florada” explicou o médico. Ele recomendou janelas fechadas e ar condicionado ligado. “Nos dias de chuva, o ar é mais limpo mas com o sol forte e os ventos, as pessoas que têm propensão devem ficar abrigadas para evitar os sintomas” recomendou Nelson Rosário Filho.