Os prejuízos causados pelas chuvas no Paraná devem ultrapassar R$ 1 bilhão, conforme as estimativas da Defesa Civil estadual. O órgão já confirmou mais de R$ 600 milhões em danos. No entanto, em alguns locais, os estragos ainda não puderam ser contabilizados, porque o nível das águas dos rios não baixou. Por isso há a expectativa de que os prejuízos sejam ainda maiores.

O número de mortes causadas pelas chuvas chegou a 11. O 11.º corpo foi localizado em União da Vitória, município que decretou estado de calamidade pública. De acordo com a prefeitura local, o óbito ocorreu no domingo, em uma área rural da cidade. Um homem estava andando a cavalo e passou por um córrego com volume de água em excesso. O animal teria sido forçado a passar pelo riacho e, nisso, derrubou o homem, que foi arrastado pela correnteza. O corpo da vítima, que não teve a identidade revelada, foi encontrado na segunda-feira.

De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil, 564.974 pessoas foram atingidas pelas enchentes. Duas pessoas continuam desaparecidas, uma em Rebouças, no sudeste, e outra em São João do Ivaí, na região norte.

O número de pontos de interdição total nas rodovias federais e estaduais do Paraná caiu para 14 ontem. São seis pontos nas rodovias federais e oito nas estaduais. Outros 24 locais ainda apresentam algum tipo de restrição: 11 nas BRs e 13 nas PRs.

Governo federal amplia ajuda

Ontem, o Ministério da Integração Nacional liberou mais R$ 206.450 para atendimento dos afetados pelas chuvas. A liberação foi feita por meio da portaria 156, publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. O objetivo é que o dinheiro seja usado para auxiliar na “execução de ações de Socorro, Assistência às vítimas e Restabelecimento de serviços essenciais”.

A verba se soma aos R$ 140.386 liberados ao estado para compras de cestas de alimentos por meio de outra portaria, publicada na terça-feira. Nela, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) também informou que enviará 1.700 kits dormitórios. Com a liberação de ontem, o Paraná já recebeu R$ 346,83 mil do governo federal para o auxílio aos afetados pela chuvas.

O governo do estado anunciou que o Paraná também vai receber R$ 817 milhões do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste), através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Sobrevivente

Um homem de 52 anos foi resgatado depois de passar dois dias em cima de uma árvore para se salvar da enchente do Rio Piquiri, em Francisco Alves, no oeste do Paraná. De acordo com a Defesa Civil, Josias Camilo da Graça foi encontrado com um pouco de comida, água e roupas de frio na terça-feira. Ele foi encaminhado para casa, e recusou atendimento hospitalar.