A Prefeitura de Curitiba se manifestou na manhã deste sábado (25) sobre as confusões ocorridas na capital e na região metropolitana na noite de sexta-feira. Confira a nota abaixo:

Sobre a confusão envolvendo motoristas na noite desta sexta-feira (24), as situações de agressão e ameaça são ocorrências policiais e devem ser atendidas pela Polícia Militar e apuradas pela Polícia Civil. Com relação aos taxistas envolvidos no episódio, os motoristas podem ser denunciados pela conduta diretamente na Urbs e estão sujeitos às sanções previstas nos contratos, caso seja constatada conduta inadequada. Entre as punições está a perda da autorização para circular. Já em relação à atuação do Uber na capital, o transporte de passageiros por motoristas que atendem pelo aplicatico não está regulamentado em Curitiba e é, portanto, uma atividade irregular. As denúncias que chegam à Urbs e Setran são alvo de fiscalização e os motoristas estão sujeitos às sanções previstas no Código de Transito Brasileiro. A Setran, Urbs, BPTRAN e Guarda Municipal já fizeram 75 ações integradas para fiscalizar serviço irregular de transporte de passageiros em Curitiba. Foram abordados 370 veículos e 46 motoristas vinculados ao aplicativo Uber foram autuados.