As fortes chuvas que atingiram Curitiba nos últimos dias voltaram a fazer estragos na cidade na tarde desta segunda-feira (27).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ocorrência mais grave foi registrada na rua André Zílio, no bairro Santo Inácio, envolvendo o morador Nilson Romero, 59 anos, que se utiliza de oxigênio, e teve seu quarto alagado pela enxurrada.

O problema teria ocorrido por conta da água da chuva que desce de um condomínio fechado e invade as residências na rua. Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi deslocada para atender a ocorrência.

Novos pontos de alagamentos foram registrados no cruzamento das avenidas Presidente Getúlio Vargas e Presidente Arthur da Silva Bernardes, na Vila Izabel. Já no cruzamento da Avenida Manoel Ribas com a Rua Jacarezinho, nas Mercês, o trânsito ficou congestionado por conta do semáforo que estava desligado.

Segundo Ana Beatriz Porto, meteorologista do Instituto Tecnológico Simepar, as chuvas registradas na cidade nos últimos dias são normais para o período, já que o verão é a estação do ano que mais registra precipitações pluviométricas.

“A tendência para os próximos dias é que as chuvas se mantenham, por conta da chegada de uma frente fria vinda do oceano, favorecendo a instabilidade climática na cidade”, disse Ana Beatriz.

A meteorologista afirmou também que somente a partir da semana que vem é que o tempo deverá se estabilizar na capital paranaense.

Confira aqui a galeria de fotos da cidade.