O feriado do Dia do Trabalho foi de plena calmaria para a equipe da Central de Atendimento ao Eleitor de Curitiba, que permanecerá em esquema de plantão até o próximo dia 9, prazo final para regularizar a situação do título de eleitor, transferência de domicílio eleitoral para Curitiba ou se alistar. Na segunda-feira, 1,7 mil eleitores foram atendidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), mas ontem o número não chegou a mil.

O tempo de espera pelo atendimento não chegou a cinco minutos. Sorte de quem veio para transferir o título ou se alistar. Aqueles que integram o total de 250 mil títulos cancelados em Curitiba por causa do fim do prazo regulamentar para o cadastramento biométrico gastaram em média 20 minutos para regularizar a situação. Isso porque foi necessário enfrentar a fila nos dois guichês do Banco do Brasil para pagar a multa de R$ 3,51. Quem se enquadrava nessa situação não reclamou. “Desisti de enfrentar a fila dos últimos dias do prazo para o cadastramento, mesmo sem saber que a multa seria tão barata. Economizei tempo gastando pouco, e já posso votar”, celebrou o auxiliar de produção Marcos Maciel.

A chefe da Central de Atendimento ao Eleitor do TRE-PR, Alessandra Luiz, diz que é impossível prever o número de pessoas que deverão passar pelo local até o dia 9, mas não espera formação de longas filas.

Veja na galeria de foto o movimento no TRE.