Ao contrário dos boatos de um possível fechamento da usina de Industrialização de Xisto, em São Mateus do Sul, no interior do estado, a Petrobras deverá dobrar a capacidade de produção na cidade.

A estatal recebeu uma licença do IAP para ampliar as suas atividades no município. A expectativa é de que a produção de óleo aumente das atuais 600 toneladas para cerca de 890.

A licença foi conquistada há quatro meses, porém, a população de São Mateus do Sul convivia diariamente com os rumores de que a Petrobras pudesse encerrar as suas atividades na cidade. A estatal gera 40% da arrecadação do município.