Quem quer apreciar as paisagens marcantes da Baía de Guaratuba, no litoral do Paraná, pode investir em um passeio de barco. É possível verificar a beleza das ilhas, da Mata Atlântica, das praias e da imensidão da água.

Uma das opções de passeio é o Barco Pirata que, além de proporcionar estas emoções para turistas e moradores dos municípios litorâneos, investe no entretenimento durante o trajeto. Os passageiros são convidados a participar de uma história de piratas e tentativas de encontrar um tesouro.

A brincadeira começa aos poucos, com atores contratados especialmente para esta temporada e que interpretam os piratas a bordo. Em um primeiro momento, vem o tiro de canhão.

Os piratas orientam e pedem para que todos tampem os ouvidos, mas tem gente que não acredita e se dá mal. Tudo acontece em meio aos passageiros. A encenação contagia, especialmente as crianças.

Os adultos também participam da atividade, que tem até uma prancha para lançar ao mar quem se tornou indesejado dentro do navio. Lógico que tudo não passa de brincadeira, que acaba bem para todo mundo.

Cada passeio tem uma apresentação única, baseada no improviso e também na reação do público. “É muito legal quando o público participa e dá para improvisar ainda mais”, conta a atriz Deisi Müller, que interpreta uma pirata.

Os outros dois atores em cena são Fábio Beckert e Gustavo Iglesias. Todos fazem parte da Companhia Teatral Nós em Cena, de Rio Negrinho, em Santa Catarina. Eles ficam pelo menos até o início de fevereiro participando das encenações dentro do Barco Pirata, todos os dias.

Diversão

“O passeio é maravilhoso. Esta é a primeira vez que eu venho e está sendo muito gostoso, bem divertido. Nós resolvemos fazer o passeio depois de ver o Barco Pirata enquanto estávamos no ferry boat”, revela a dona de casa Valdete Voinaroski, de Ponta Grossa. Ela passeou no Barco Pirata juntamente com a família e os cinco netos.

O casal de pastores Olegario e Meire Pinto, de São Paulo, recebeu a dica do passeio do pai dele, que mora em Guaratuba. Os dois, juntamente com os filhos Alef e Gustavo, estão curtindo as férias no litoral paranaense. “O passeio é dez. A paisagem também é maravilhosa”, comenta Meire.

Clientes

Carlos Antonio Grando, responsável pelo passeio e que interpreta o comandante Barbosa na encenação dentro do barco, conta que há casos de pessoas que já fizeram o passeio cinco vezes somente em 2011.

Ele disse que não tem do que reclamar de 2011. Grando estima que a procura pelo passeio aumentou cerca de 30% na comparação com o ano passado. Já são sete edições do Barco Pirata, que se tornou uma opção de lazer conhecida em Guaratuba.

Programe-se

Aliocha Mauricio

O Barco Pirata sai do pier ao lado do Santo Canto, na Baía de Guaratuba, em cinco horários fixos (9h, 11h, 14h, 15h30 e 17h). Dependendo do movimento, a organização pode abrir mais passeios.

Grupos são atendidos em horários diferenciados e o passeio, nestes casos, deve ser agendado. A capacidade do Barco Pirata é de 70 pessoas e o passeio – de uma hora de duração -acontece com lotação mínima de dez passageiros. O barco também atende aos turistas durante o ano todo, com embarcações menores.

Ingressos a R$ 15 para adultos e R$ 10 para crianças entre 5 e 10 anos. Menores de 5 anos não pagam. Informações pelos telefones (41) 9604-7045, (41) 9665-4430 ou (41) 9146-0891.