O Paraná ultrapassou a barreira dos 14 mil casos por gripe A (H1N1), a gripe suína. São 14.009 casos confirmados por exame laboratorial, dos quais a maior quantidade está localizada na Região Metropolitana de Curitiba, com 5.244 confirmações. Desde a semana passada, são 658 novos casos no Estado.

Do total de casos, já são 250 mortes, ocorridas de 14 de julho até o dia 24 deste mês, sendo que as últimas cinco mortes foram confirmadas no novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado ontem. Três das mortes ocorreram na semana passada.

Os números mostram também que as mulheres morrem mais que os homens, respondendo por 56% dos óbitos. As pessoas mais suscetíveis a ter complicações estão na faixa dos 20 aos 49 anos, que correspondem a 60% do total das mortes.