A Secretaria dos Transportes e o DER estão recuperando as principais estradas do Noroeste do Paraná. Os serviços fazem parte do esforço do governo de melhorar cerca de 4 mil quilômetros de rodovias em todo o Paraná.

As obras no Noroeste envolvem mais de quarenta trechos, com serviços de tapa-buracos, roçada, recomposição de sinalização e reconfiguração de pistas sem pavimentação.

Segundo o secretário Waldyr Pugliesi, os técnicos da secretaria e do DER estão trabalhando ininterruptamente em todas as regiões do Estado. “Temos o compromisso de recuperar todas as rodovias que nos foram entregues deterioradas”, afirma.

O secretário enfatiza que as obras de manutenção e conservação são realizadas por administração direta, com mão-de-obra e recursos próprios do Estado. “Ao trabalharmos com nossos próprios recursos, sem a necessidade de licitar, ganhamos tempo e agilidade na execução”, destaca Pugliesi.

O diretor do DER, Rogério Tizzot, explica que o cronograma de serviços do DER é atualizado semanalmente e leva em consideração as necessidades de cada região. “Os técnicos das cinco superintendências montam os programas de trabalhos baseados na situação em que se encontram as rodovias de suas regiões”, afirma.

Locais

As principais obras de recuperação das estradas do Noroeste do Estado estão sendo realizadas na região de Astorga, na PR-218 e na PR-317; na PR-452, entre Colorado e Itaguajé; nas proximidades de Santo Antônio do Caiuá, na PR-556 e na PR-557; na PR-464, no trecho de Paranacity até Inajá; na região de Goioerê, na PR-180 e na PR-472; na PR-468, do cruzamento com a BR-369 ao município de Boa Esperança; nas proximidades de Palotina, na PR-364; na PR-218, no trecho de Paranavaí até Amaporã; na região de Rondon, na PR-492 e na PR-082; na PR-486, do cruzamento com a PR-323 até o Rio Piquiri.

As obras ainda ocorrem em dois trechos da PR-182, de Francisco Alves até o Rio Piquiri e de Xambrê à Casa Branca. No Extremo Noroeste do Estado, as obras acontecem na PR-557, de Diamante do Norte a Terra Rica; na região de Loanda, na PR-577; na PR-218, entre a divisa com São Paulo e o município de Nova Londrina e na PR-182, na região de Ivaté.