A Secretaria da Saúde divulgou, nesta segunda-feira (8), o 17.° Boletim Epidemiológico, que mostra o monitoramento de quatro possíveis casos de influenza A, no Paraná. Essas pessoas são monitoradas, mas apenas dois casos são considerados suspeitos pelo Ministério da Saúde. Os outros dois estão sendo monitorados por precaução.

Os dois casos suspeitos são da região de Curitiba. Um deles já havia sido notificado no boletim anterior, porém ainda aguarda resultado dos exames, que deve ficar pronto nos próximos dias. O rapaz, que chegou recentemente da França, apresentou sintomas de gripe, mas já se recupera. O outro caso, é de uma mulher que chegou do Chile e apresentou sintomas de gripe. Ela está hospitalizada, porém passa bem.

Já os dois casos em monitoramento, um na região de Foz do Iguaçu e outro na de Telêmaco Borba, tiveram contato com estrangeiros e apresentaram sintomas de gripe, como febre e dores no corpo. Ambos são monitorados em casa. Os resultados dos exames devem sair nos próximos dias.

Descartados

O caso em monitoramento na região de Curitiba, anunciado no boletim anterior foi descartado na sexta-feira (5). Outro caso em monitoramento na região de Guarapuava foi descartado antes mesmo de ser notificado ao Ministério da Saúde por critérios clínicos ou epidemiológicos. A mulher já estava com gripe antes de ter contato com estrangeiros.

Com esses resultados, o Paraná passa a ter 41 casos descartados, sendo que 32 deles foram descartados por exames laboratoriais e nove por critérios clínicos ou epidemiológicos.

Apesar de o Paraná ainda não ter nenhum caso confirmado, a Secretaria da Saúde mantém o alerta: quem chegou do exterior ou teve contato com pessoas vindas do exterior, há menos de 10 dias, e apresentou sintomas de gripe, como febre, tosse e dores no corpo (mialgia) deve procurar a unidade de saúde mais próxima e informar seu quadro clínico. Dessa maneira todos os casos poderão ser monitorados corretamente.