O polêmico Papai Noel que escondeu o rosto de uma criança em shopping de Curitiba foi afastado de suas atividades nesta sexta-feira (21). O ‘mau velhinho’ teria coberto o rosto da criança, na última terça-feira (18), porque os pais da menina não quiseram pagar pela foto e bateram fotografias com o próprio celular.

A foto foi parar nas redes sociais e muitos internautas ficaram revoltados com a atitude do Papai Noel, que trabalha há seis anos no estabelecimento. O shopping informou que o serviço é terceirizado e confirmou que cada foto custa R$ 15.