O secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Padre Roque, convidou ontem os membros da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Regional Sul II, a participarem da elaboração de um mapa da fome e da miséria no Paraná. Roque esteve em Apucarana, onde está acontecendo a Assembléia dos Bispos do Paraná.

Uma parceria da SETP com a Confederação deverá ser formalizada em breve. Com isso a CNBB fará o cadastro das famílias em situação de miséria no estado. Esse mapeamento será utilizado na definição das áreas que serão beneficiadas pelo programa Fome Zero, no Paraná. Além disso a CNBB participará da elaboração e coordenação do projeto no Estado.

Para realizar o cadastro de famílias carentes do estado a Igreja utilizará cerca de 50 mil voluntários e 10 mil pontos de arrecadação de dados. Esta estrutura deve tornar possível a construção de um panorama claro do problema da Fome no Paraná. A CNBB também poderá colaborar com o programa Fome Zero por meio de seu Mutirão Nacional de Superação da Fome e da Miséria.

Padre Roque aproveitou sua participação na Assembléia de Bispos para apresentar o programa Fome Zero e pedir a colaboração da Igreja nos projetos da SETP de atendimento ao idoso e à criança.