enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Padre Egídio, da CSSR, morre aos 100 anos

O sepultamento está marcado para as 13h de hoje, no Cemitério Parque Iguaçu

  • Por Redação

Faleceu na última terça-feira, aos 100 anos, o padre Egídio Gardiner. O sacerdote, que pertencia à Congregação do Santíssimo Redentor (CSSR), ajudou a terminar a construção do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, inaugurada em 1969, no bairro Alto da Glória, em Curitiba.

Padre Egídio estava internado na UTI do Hospital São Lucas e morreu devido a falência múltipla dos órgãos. O sepultamento está marcado para as 13h de hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

Nascido nos Estados Unidos, Egídio Gardiner veio ainda criança para o Brasil e decidiu se tornar seminarista.

Ele é considerado um dos responsáveis pelo grande sucesso das novenas a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que reúnem mais de 35 mil pessoas todas às quartas-feiras, no santuário localizado em frente ao estádio Couto Pereira, no Alto da Glória.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

1 Comentário em "Padre Egídio, da CSSR, morre aos 100 anos"


Renato furacão
Renato furacão
4 anos 9 meses atrás

Quando comecei a estudar há mais de 50 anos passados ele era do vigario e diretor da escola onde estudei em P. Grossa

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas