Após receber diversas denúncias de supostos crimes eleitorais, como o vídeo em que um eleitor usa uma arma para apertar os botões com o número de Jair Bolsonaro (PSL) em uma urna eletrônica, a Polícia Federal deflagrou uma operação nesta quarta-feira (10) nos estados do Paraná, São Paulo e Sergipe para buscar os envolvidos.

De acordo com informações da Agência Brasil, são cumpridos um mandado de busca e apreensão no Paraná e a lavratura de dois Termos Circunstanciados de Ocorrência em São Paulo e Sergipe. A PF polícia informou que as ações fazem parte das atividades desenvolvidas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral (CICCE/2018) em Brasília e pretendem aprofundar as investigações sobre os vídeos.

Os investigados poderão responder, no caso do estado do Paraná, pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma. Já os investigados em Sergipe e São Paulo deverão responder por incitação de crime contra candidatos. No entanto, não foram foram informadas as cidades onde a operação está acontecendo.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Ausência de Bolsonaro pode render espaço ‘valioso’ a Haddad na TV