Guaratuba – O comandante da Operação Verão da Polícia Militar (PM), tenente-coronel João José Ramirez Júnior, informou ontem que o número de ocorrências (registradas pelo Corpo de Bombeiros, batalhão de trânsito e PM) no litoral do Estado caiu cerca de 40% no comparativo com o mesmo período de 2003. Ele lembrou que o número de pessoas estimado nas praias caiu de dois milhões para 1, 7 milhão. Mas o número de carros nas cidades litorâneas subiu 32%.

Ramirez credita a redução das ocorrências ao trabalho preventivo que vem sendo feito pela PM. “Estou me dando por satisfeito com a operação até aqui. Agradeço também o apoio que os municípios vêm nos dando”, afirmou. Entre as ações que reduziram o número de ocorrências, ele citou duas: as operações integradas e o projeto polvo.

Nas operações integradas, PM, policiais de trânsito, Ronda Ostensiva de Natureza Especial (Rone), Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e secretarias municipais fazem fiscalizações amplas em bares e lanchonetes. “O objetivo é coibir o tráfico de drogas, a prostituição infantil, a facilitação da prostituição, a venda de álcool para menores, pedofilia, etc”, revelou.

O Projeto Polvo é uma ação feita pela Rone e pelo Batalhão de Trânsito. “Os policiais chegam num ponto da cidade, de lá eles se dividem e se espalham para todos os lados, como se fossem os tentáculos de um polvo”, explicou.