A prefeitura de Maringá fixou o dia 16 de fevereiro como nova data-limite para que o aterro da cidade receba entulhos provenientes de construção e demolição. A medida segue resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), que exige o depósito somente de lixo urbano nas áreas de aterro.