enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Não basta ser bom de bola para jogar no Sabará

Para entrar na escolinha de Edson Maciel tem que ter boa educação

  • Por Magaléa Mazziotti

O futebol no campo localizado na Rua Lauro Schreiber, 430, é mais do que um passatempo pros meninos da Vila Sabará. Talento no pé é importante, mas não entra em campo quem não mostra boa educação. A filosofia de trabalho foi trazida pelo ex-jogador do Coritiba e professor de Educação Física Edson Maciel, 37 anos, idealizador do projeto Eco Bola Sabará, que treina cerca de 140 garotos de até 17 anos de idade.

Campeão pelo Coxa em vários torneios, aos 22 anos Maciel teve a carreira prematuramente encerrada após cair no vestiário do clube. “Fiquei dois dias desacordado no Hospital Evangélico e precisei deixar o esporte de alto rendimento”, recorda. Como o futebol era sua especialidade, começou a dar aulas pra sobreviver. Trabalha de segunda a sábado, das 6h30 às 23h, e promove há 15 anos o Campeonato Italicus. “Não fiquei milionário com o futebol, mas aprendi a viver do futebol e melhorar na vida de uma forma gratificante. E dar esse incentivo pros garotos é uma das melhores coisas da vida”. Informações: http://copaitalicus.webnode.com/

Veja na galeria de fotos da garotada.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

1 Comentário em "Não basta ser bom de bola para jogar no Sabará"


Eng Carlos
Eng Carlos
6 anos 11 meses atrás

É lamentavel quando essa garotada chega ao time profissional, simplesmente esquece de jogar futebol para virar cachaceiro…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas