A primeira fase da campanha de vacinação contra gripe acaba hoje. Curitiba já bateu a meta de 80% e, na tarde de ontem, o número atingia 212.082 doses aplicadas, o que representa 83,4% do total esperado. Foram 31.628 bebês vacinados (84,8%) e 166.188 idosos (84,4%). O único grupo que ainda não atingiu a meta é das gestantes, com 13.144 doses aplicadas, ou seja, 70,5 % das grávidas estão imunizadas.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, há suspeita que a população de gestantes seja menor que o previsto ou procuraram a rede privada. O Paraná também está perto da meta, com 79,3% do público-alvo vacinado, ou seja, 1.315.000 doses aplicadas. As grávidas também são do grupo com menor adesão: as 75 mil gestantes imunizadas representam 77% do total esperado. No Paraná 188 mil bebês foram vacinados (83,8%) e 918 mil idosos (79%). Mais de 90% da população indígena e trabalhadores da saúde estão imunizados.

A partir de terça-feira começa a segunda fase da campanha de vacinação da gripe para aqueles que precisam de reforço. São todos aqueles que não forma imunizados no ano passado e os bebês que tomaram a primeira dose agora.

Outra campanha

Começa no próximo dia 16 a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, a paralisia infantil. Desde 1980, a campanha era realizada num único dia (e o reforço em outra etapa), mas neste ano será de maneira contínua até 7 de julho, a exemplo da vacinação contra gripe. “A ideia é fazer de 16 de junho o Dia D, como na campanha da gripe, para imunizar maior número possível de crianças”, informa a assessoria da Secretaria Municipal da Saúde.