Maria Odete Magri Pereira, de 58 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (09) depois de fazer uma ultrapassagem perigosa na BR-163, no trecho que divindade as cidades de Marechal Cândido Rondon e Mercedes.

De acordo com testemunhas, o Gol, conduzido por Maria Odete, seguia no sentido Marechal Cândido Rondon e, ao tentar ultrapassar o veículo que estava em sua frente, colidiu com um caminhão com placas de Santa Antonio do Sudoeste.

Com a pancada, o automóvel rodou na pista e acabou acertando um segundo caminhão, o que fez com a frente e lateral do Gol ficassem completamente destruídas. O corpo da motorista ficou preso nas ferragens e precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros para pode ser retirado e enviado ao IML de Toledo.