Os acidentes nas estradas que cortam o Paraná deixaram saldo de 11 mortos e 162 feridos durante o feriado de Corpus Christi. Ao todo, foram 228 ocorrências registradas pelas polícias rodoviárias federal e Estadual de quinta-feira até o início da noite de ontem.

Durante todo o domingo o movimento foi intenso nas rodovias do Estado. O fluxo maior de veículos era do interior do Paraná em direção à capital. Na BR-116, no quilômetro 120, entre Curitiba e Fazenda Rio Grande, acidente envolvendo vários automóveis provocou grande congestionamento. Os motoristas tiveram que ter muita paciência para esperar a liberação do tráfego. Já no outro extremo da BR-116, em direção a São Paulo, mesmo com grande número de veículos circulando, principalmente caminhões, não foram registrados problemas.

Já quem voltou do litoral do Paraná encontrou a BR-277 tranqüila. No final da tarde o movimento era de cerca de 700 veículos por hora, considerado baixo para a volta do feriadão. A visibilidade na Serra do Mar era boa, sem garoa ou neblina. Apenas no quilômetro 43 os motoristas tiveram que trafegar em mão dupla devido a obras no Viaduto Caruru.