Uma testemunha garante que o motorista de um Corsa prata, após atingir a traseira de uma moto, passou por cima do motociclista e fugiu, no início da manhã de ontem. O pedreiro Elias Campos de Oliveira, 34 anos, pilotava uma Honda CB300, na Estrada do Ganchinho, em direção ao Contorno Leste, e morreu no local. Não havia chuva nem neblina que pudesse ter contribuído para o acidente.

Poucos metros depois de passar pelo Centro de Treinamento do Caju, do Clube Atlético Paranaense, às 6h40, a moto foi atingida na traseira pelo Corsa. Um motociclista, que seguia no sentido contrário, viu Elias cair sobre o capô do Corsa e ser arremessado ao chão.

O condutor do carro, de acordo com a testemunha, passou sobre a vítima, que ainda estava viva, e fugiu. Elias foi arrastado por alguns metros e não resistiu aos ferimentos.

Câmeras

O acidente pode ter sido filmado pelas câmeras do centro de treinamento e de outras empresas. A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) deverá solicitar as imagens para apurar se ajudam na identificação do carro envolvido no acidente.

O irmão da vítima informou que Elias passava pelo local todos os dias para ir à empresa onde trabalhava como pedreiro. Elias deixa uma filha adolescente.