O professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Euclides Fontoura da Silva Junior morreu na madrugada desta quarta-feira (9), em Curitiba. O geneticista, de 59 anos, faleceu devido a complicações depois de uma cirurgia para tratar de um câncer de intestino. Silva estava internado há uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O velório será realizado na tarde de hoje na Capela da Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Nesta quinta-feira (10), o geneticista será homenageado e, depois, o corpo será cremado na Capela Vaticano, em Campina Grande do Sul, região metropolitana da capital.

Silva trabalhava na UFPR há 40 anos. Começou como auxiliar de serviços gerais, aos 13 anos, depois cursou biologia e passou a lecionar na instituição. O geneticista foi diretor do departamento de ciências biológicas, além de integrar o comitê de ética do departamento.

O docente ainda participava do conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e integrava o conselho editorial do Instituto Ciência Hoje. Atualmente, Silva era diretor do Museu de Ciências Naturais da UFPR.