Foto: Chuniti Kawamura

Tráfego é contínuo no bairro Boqueirão, em Curitiba.

Atravessar a rua nas proximidades do cruzamento da José Hauer com a Carmelitas, no bairro Boqueirão, em Curitiba, virou uma missão quase impossível para os pedestres. Em horários de pico, perto das 17h, dizem que chegam a ficar até 10 minutos esperando. Além disso, acidentes são freqüentes. Ano passado, um motoqueiro perdeu a vida no local.

Segundo os moradores da região, o tráfego de veículos é contínuo, mas em horários de pico a situação piora. Neiva Zanela trabalha em um supermercado em frente à José Hauer e diz que é comum os atendentes largarem os afazeres para ajudar os clientes mais idosos a atravessar a rua. ?Chegam a ficar esperando até 10 minutos. Também é comum ouvir freadas bruscas?, comenta.

O dono da borracharia que fica na esquina, Adriano Manfredini, confirma: ?Eu mesmo canso de parar o serviço para ajudar senhoras. Elas não conseguem (atravessar a rua) sozinhas?, falou. Adriano diz que o bairro cresceu muito nos últimos anos e a sinalização precisa acompanhar. Na região, há fábricas, supermercados e lojas. Adriano lembra um dos últimos sustos do ano passado. Em novembro, um motorista perdeu o controle do carro e bateu no muro de um terreno baldio. Os sinais dos estragos ainda estão no local.

Mas o pior aconteceu a um motoqueiro. Ele acabou colidindo com um carro e perdeu a vida. Wellington Stradioto mora há 30 anos no bairro e conta que muitas vezes os carros que seguem pela Rua das Carmelitas não respeitam a preferencial e os acidentes ocorrem. ?Falta sinalização para que as pessoas reduzam a velocidade?, falou.

Há, ainda, duas escolas próximas e crianças e adolescentes correm risco. Além do perigo com acidentes, os moradores também reclamaram que o asfalto das duas ruas é irregular e acumula a água da chuva. Os pedestres têm muita dificuldade para trafegar sem se molhar.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba, a Diretran enviará em até 15 dias técnicos ao local para estudar qual a melhor solução para o cruzamento.