Gladys Rachel Rodrigues teve que ir três vezes à Unidade de Saúde Vila Clarice pra conseguir vacinar a filha de 3 anos contra gripe. Na primeira tentativa, foi informada que não tinha vacina. “Reclamei no telefone 156”, relata.

Na segunda vez, faltavam 10 minutos pra unidade fechar e não foi atendida. Gladys conseguiu vacinar a criança somente na última segunda-feira. A Secretaria Municipal de Saúde confirmou que faltaram vacinas na região nos dias 26 e 27 de julho, mas informou que o caso era pontual e a situação já está normalizada.