enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Longevidade

Moradora de Astorga completa 130 anos de idade

Maria Olívia da Silva comemorou aniversário no último domingo

  • Por Mara Andrich

É difícil imaginar, mas no último domingo a moradora do distrito de Içara, em Astorga, no noroeste do Paraná, Maria Olívia da Silva, completou 130 anos de idade.

No momento ela está um pouco debilitada, não consegue ficar em pé sozinha e passa os dias deitada. Porém, tirando o câncer de pele no rosto, Maria Olívia – que trabalhou a vida inteira na roça – não tem qualquer outra doença.

“Acho que deve ter algum mistério. Talvez ela ainda não tenha realizado tudo por aqui”, comenta o filho adotivo de 58 anos, Aparecido Honório da Silva, sobre o tempo de vida de sua mãe.

Ele é o único dos 14 irmãos que mora com Maria e apenas ele e mais dois (que vivem em outras cidades do interior do Paraná) são vivos. Segundo ele, Maria sempre se alimentou normalmente, comendo de tudo um pouco, e ainda fumou por quase 90 anos.

“Hoje ela sente umas dores por causa de um tombo e tem o câncer”, disse o filho. Maria casou-se duas vezes. Seu segundo marido (do primeiro ela se separou muito cedo, com apenas 14 anos, pois teve o primeiro filho com 12) morreu com 83 anos de idade.

Maria nasceu em Varsóvia, na Polônia. Com três anos de idade veio para o Brasil, morou em Minas Gerais, até chegar no Paraná. No domingo, teve festa para comemorar tantos anos de vida. E Maria até comeu sozinha.

“Ela gosta de festa, mas não entende muito bem o que está acontecendo, e reclama um pouco”, conta o filho. Hoje ela vive com a aposentadoria rural e a ajuda de Aparecido. “Ela fala para eu arranjar uma companheira logo porque ela tem que ir embora. Mas eu não quero que ela vá tão cedo. Como mãe, ela é severa, mas carinhosa”, afirmou Aparecido, que é baiano mas mora há muitos anos em Içara.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

9 Comentários em "Moradora de Astorga completa 130 anos de idade"


Tato Caveira
Tato Caveira
9 anos 2 meses atrás

Parabens a essa senhorinha que escolheu o Brasil como sua terra !
Que bonito este filho cuida lá ! Parabéns …
Coisa rara hoje em dia !
Coisa que sei muito bem pois minha vó idosa apenas eu tomo conta !

Eliane Toscano
Eliane Toscano
9 anos 2 meses atrás

Pessoal..Acho melhor lerem antes de comentarem: o filho de 58 anos é adotado: “Acho que deve ter algum mistério. Talvez ela ainda não tenha realizado tudo por aqui”, comenta o filho adotivo de 58 anos, Aparecido Honório da Silva.. Entendido?

rene jose barbosa
rene jose barbosa
9 anos 2 meses atrás

Na ordem cronológica das coisas, acredito que se ainda estivesse vivo, seu último filho teria no mínimo 90 anos. Seus netos então teriam idades como esta de 58 anos.

rene jose barbosa
rene jose barbosa
9 anos 2 meses atrás

Eu sugiro para o editor, verificar melhor esta informação, pois todos nós sabemes que hoje! é possível uma mulher ter um filho com essa idade. Mas na época era impossível. até porque a espectativa de vida não ia além dos 70 anos. 130 anos impossível.

Francisco Antonio Ramos de Lima Jr
Francisco Antonio Ramos de Lima Jr
9 anos 2 meses atrás

só uma pergunta : se ela tem um filho de 58 anos ela o teve com 72 ??

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas