Uma revolução tecnológica está chegando a Curitiba nesta quarta-feira (22). A partir desta noite, começam as transmissões em alta-definição (HDTV) de televisão aberta na capital. Curitiba é a primeira cidade do Sul do Brasil a iniciar as transmissões.

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, assinou, no auditório da UTFPR, os termos de consignação dos canais do Sistema Brasileiro de Televisão Digital. O sistema já foi implantado em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Goiânia.

Televisão no Paraná

Curitiba também foi pioneira na região Sul, em 29 de outubro de 1960, quando o empresário Nagibe Chede levou ao ar o sinal do Canal 12, direto de seus estúdios em um apartamento no Edifício e Galeria Tijucas, no Centro de Curitiba.

Depois disso, viria o vídeo-tape e as transmissões em cores. Na década de 1990, Curitiba passaria a contar com mais de sete emissoras de televisão.

TV digital

Em 2007, uma nova revolução chegou ao Brasil: a televisão digital aberta de alta-definição. Inaugurada em 2 de dezembro do ano passado em São Paulo.

A primeira grande vantagem da televisão digital é o fim dos chuviscos e fantasmas. Em breve, também haverá a interatividade. O telespectador poderá fazer compras, participar de votações e obter mais informações sobre seu programa favorito, tudo com apenas o controle remoto. Mas como fazer para entrar neste novo universo?

O primeiro passo é ter uma antena UHF. O segundo passo é verificar se a sua televisão já está apta a receber o novo sistema de transmissão. Somente as televisões Full-HD – com 1080 linhas de resolução – vão poder apreciar toda a qualidade do sinal digital. Mas os televisores comuns de plasma e LCD (inclusive os HDTV Ready) e os de tubo também vão poder mostrar a diferença de qualidade do novo sinal. Para isso, será preciso um conversor, chamado de set-top box. Essa “caixinha” vai traduzir o novo sinal para que a sua televisão possa exibí-lo.

TV Paranaense

Os testes da tevê digital começaram em maio. Foram realizadas transmissões experimentais por técnicos da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná, com apoio técnico e operacional da Rede Paranaense de Comunicação (RPC). A emissora será a primeira a transmitir em HD (high definition, alta definição).

O sinal, no canal 41, vai atingir toda a capital e, parcialmente, os municípios de Colombo, Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo, Campo Magro e Almirante Tamandaré. Para atingir os demais municípios da região metropolitana de Curitiba será necessária a instalação de repetidoras por parte da emissora.

O primeiro programa que os curitibanos vão acompanhar em alta definição é a novela A Favorita. Alguns filmes e jogos de futebol, além do seriado A Grande Família, também serão transmitidos pela nova tecnologia.

Outras emissoras

As outras emissoras de televisão da capital ainda não têm previsão para iniciar as transmissões digitais. A Band Curitiba informou que já está fazendo estudos, mas um cronograma não foi definido. A RICTV fará estudos e utilizará o prazo máximo de dois anos, dado pelo governo, para iniciar as transmissões. A TV Iguaçu / Rede Massa, CNT e TV Educativa não informaram qualquer previsão para aderir à nova tecnologia.