enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Ministério do Planejamento corta salário de grevistas

Eles terão o desconto dos dias parados no salário de agosto

  • Por Joyce Carvalho E Agências

O Ministério do Planejamento divulgou na noite de ontem o corte do ponto de 11.495 servidores públicos federais em greve. De acordo com o ministério, eles terão o desconto dos dias parados no salário de agosto, a ser pago a partir do próximo dia 1.º. Na folha salarial de julho (pagamento em agosto), os descontos atingiram 1.972 grevistas, segundo o ministério.

O governo estima em 70 mil o número de servidores em greve. Segundo os sindicatos das categorias em greve, 350 mil servidores federais paralisaram as atividades em todo o País. De acordo com o Ministério do Planejamento, há 582,4 mil servidores ativos no Poder Executivo.

Negociações

Das nove reuniões de negociação com representantes de categorias de servidores federais previstas paraontem no Ministério do Planejamento, quatro foram mantidas na agenda do secretário de Relações do Trabalho da pasta, Sérgio Mendonça. Devido ao atraso das demais reuniões, foi adiada para amanhã a conversa com a Federação Nacional dos Policiais Federal (Fenapf).

Policiais federais em greve devem se reunir em assembleia nesta tarde para definir os rumos do movimento. No Paraná, a categoria realiza a “operação sem padrão”, deixando de fiscalizar as fronteiras, portos e aeroportos. Segundo o Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Paraná (Sinpef-PR), há 650 policiais parados e 30% do efetivo trabalha para atender casos emergenciais. No setor de passaportes da Superintendência da PF em Curitiba, há funcionários terceirizados e um delegado de plantão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas