Foto: Aliocha Mauricio

Total de crianças vacinadas vai ser divulgado amanhã.

O sábado de sol em Curitiba colaborou com a segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil). Na capital, até o meio-dia de ontem, 34.854 crianças com até cinco anos receberam a dose. Isso representa 28,4% da meta de vacinar 122.573 crianças em Curitiba. A estimativa da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) é imunizar pelo menos 95% das 920 mil crianças em todo o Paraná, índice recomendado pelo Ministério da Saúde. Além de garantir a vacina, os pais puderam colocar outras doses atrasadas em dia nas Unidades de Saúde. 

O movimento foi grande nos 313 postos de vacinação da capital durante a manhã. Além de receber a dose, muitas crianças aproveitaram o sol para brincar. Na Unidade de Saúde da Praça Ouvidor Pardinho, onde a estimativa era vacinar 2,5 mil crianças até as 18h, a criançada pôde aproveitar os brinquedos do parquinho. Já na Unidade de Saúde Irmã Teresa puderam conhecer de perto dois tanques blindados do Exército, levados ao local como homenagem ao Dia do Soldado, comemorado ontem.

O vice-prefeito e secretário municipal da Saúde, Luciano Ducci, esteve na Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho, onde vacinou as crianças Felipe Ishida, de dois anos e dez meses, e Victor Marquezoni, quatro anos. Ducci lembrou que a adesão à campanha é importante porque, apesar de o vírus causador da doença estar erradicado do Brasil, a doença ainda ocorre em vários países. ?É preciso impedir que esse vírus, que ainda circula, retorne ao nosso País. Esse esforço começa pelo município e pela participação de cada cidadão?, afirmou. No Paraná, a doença está erradicada desde 1986. ?Quem não tomou a primeira dose pode tomar agora. E vamos olhar as carteiras de vacinação para colocar alguma outra vacina que precise, em dia?, explicou a chefe da Unidade de Saúde da Praça Ouvidor Pardinho, Cristina Ferraz. A regularização da carteirinha aconteceu somente nas Unidades de Saúde. Mas a Prefeitura de Curitiba também instalou postos de vacinação em escolas, creches, supermercados, terminais de ônibus e shoppings.

O resultado parcial da vacinação nesta segunda etapa foi melhor do que o obtido na primeira fase, no último dia 16 de junho, quando 32.179 crianças haviam sido vacinadas pela manhã. Na ocasião, 99% das crianças da capital foram vacinadas até o final do dia. No entanto, como a Sesa resolveu ampliar a campanha por mais uma semana, o total de vacinação na primeira fase foi de 105%. Isto é, crianças de fora tomaram a dose em Curitiba. O total de crianças vacinadas em Curitiba e em todo o Paraná vai ser divulgado amanhã.