Hedeson A. Silva
O diretor regional do Sesc Paraná,
Amauri Ribas de Oliveira.

O programa Mesa Brasil, desenvolvido pelo Sesc em 27 capitais brasileiras, será estendido para cidades do interior do País. No Paraná, serão beneficiadas as cidade de Londrina, Cascavel, Maringá e Francisco Beltrão. O Mesa Brasil é um programa de segurança alimentar e nutricional que redistribui alimentos excedentes, próprios para o consumo, para entidades assistenciais.

Só em Curitiba, em 2003, o programa beneficiou 82 instituições, com a doação de cerca de 150 toneladas de gêneros alimentícios repassados por 25 empresas.

Colaboradores e representantes das instituições cadastradas no programa se reuniram ontem na capital para conhecer os resultados do Mesa Brasil – que foi implantado em Curitiba há oito meses. O diretor regional do Sesc Paraná, Amauri Ribas de Oliveira, ressaltou que o mais importante desse programa não é a ação assistencial, mas sim, as condições que são oferecidas através dele para as entidades atingirem seu auto-sustento. “Entre as ações educativas, são ministrados cursos que abordam desde o aproveitamento integral dos alimentos até a organização das instituições”, falou.

O Mesa Brasil começou a ser desenvolvido em 1994 pelo Sesc São Paulo e, a partir de 2002, foi estendido para outras capitais. No ano passado, recebeu aval do programa Fome Zero, do governo federal, como mais uma iniciativa que visa a fortalecer os recursos contra a desnutrição no País. O assessor do Mesa Brasil do Sesc nacional, Efre Antônio Rizzo, destaca que hoje 180 mil pessoas são atendidas diariamente pelo programa, “que não tem a intenção de dar um refeição completa, mas sim, complementar essa refeição”.

Referência

De acordo com o assessor para Mobilização Empresarial, da Presidência da República, Roberto Guimarães, o Mesa Brasil é referência dentro do Fome Zero, pois consegue aproveitar alimentos que normalmente seriam descartados. O programa também atendeu às vítimas de enchentes no País.

Sobre o Fome Zero, Guimarães ressaltou que no ano passado, 100 empresas foram certificadas pelo programa, e outras 300 apresentaram projetos para se integrar. Além disso, 1,7 mil empresas receberam autorização para usar a logomarca do programa em ações temporárias. Para o assessor, isso demonstra a força da iniciativa, que hoje se tornou um ciclo virtuoso. (Rosângela Oliveira)

Serviço – Quem quiser saber mais sobre o Mesa Brasil pode receber informações através dos telefones (41) 304-2143, 304-2145 ou pelo site www.sescpr.com.br.