A Polícia Civil resgatou na noite de quarta-feira (21) a médica Tamires Gemelli Silva Magnoni, que estava desaparecida desde sexta-feira (16). Ela é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, município da região central do Paraná, Berto Silva (Podemos). Tamires havia sido sequestrada em Erechim, no Rio Grande do Sul, onde reside.

Tamires foi localizada por uma equipe do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), grupo de elite da Polícia Civil especializado em sequestros, em um cativeiro no município de Cantagalo, na região Central do Paraná. Dois homens e uma mulher foram presos no local.

LEIA MAIS – “Não saí de casa pra matar”, diz motorista de ônibus que passageira morreu em choque com trem

Médica Tamires Gemelli Silva Magnoni foi resgata de sequestro pela Polícia Civil do Paraná. Foto: Reprodução Facebook

A médica não tinha ferimentos e na madrugada desta quinta (21) reencontrou a família em Laranjeiras do Sul. “Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos Deic e Tigre. Nossa menina está voltando pra casa”, comemorou o prefeito em uma rede social.

Tamires havia sido sequestrada na tarde de sexta-feira após sair da unidade de saúde onde trabalha. Ela foi levada em seu próprio carro, abandonado em seguida pelos sequestradores. Ainda nesta quinta-feira, a Polícia Civil dará mais informações sobre a operação que libertou a médica.