O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) vai lançar em agosto o edital de licitação para a construção de uma passarela para a travessia de pedestres na avenida Juscelino Kubitschek (Contorno Sul), na CIC. A passarela vai permitir a travessia segura de pelo menos 3 mil pessoas que trabalham em empresas da região.

O comunicado foi feito na manhã desta sexta-feira (16) pelo superintendente do DNIT no Paraná, José da Silva Tiago, a representantes da Prefeitura de Curitiba e da empresa Kraft Foods.

“Esta é uma obra esperada pelos trabalhadores da CIC há décadas. A falta da passarela coloca em risco a vida de centenas de pessoas todos os dias”, diz Ducci. Há menos de um mês o prefeito esteve em Brasília com o diretor do DNIT, Luiz Antonio Pagot, e entregou a ele o projeto para a construção da passarela.

“Nós só podemos licitar uma obra quando temos os recursos disponíveis”, afirmou o superintendente do DNIT no Paraná. “Vamos trabalhar para que em outubro possamos dar início a esta obra”, disse otimista José da Silva Tiago.

A passarela metálica vai cruzar o Contorno Sul e atenderá todas as normas de acessibilidade, beneficiando também as pessoas com necessidades especiais. O custo aproximado da obra é de R$ 2 milhões e será garantido integralmente pelo DNIT. A previsão para a execução dos trabalhos é de 150 dias, a partir da assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço.

Os representantes da Kraft Foods informaram que desenvolverão ações educativas para que os trabalhadores utilizem a passarela. A preocupação da empresa está relacionada à segurança dos trabalhadores. Há três anos, um trabalhador da empresa morreu atropelado em frente à fábrica. A Kraft participa de reuniões mensais com outras empresas da região e planeja estender a ação educativa a outros trabalhadores.

Contorno Sul

A passarela da CIC é uma das intervenções que deverão ocorrer no Contorno Sul a partir de agora. Com uma extensão de 14,6km e com tráfego pesado de caminhões, o contorno passará por mudanças que vão melhorar a vida de quem mora e trabalha na região.

O superintendente do DNIT afirmou que será lançado em breve outro edital de licitação – este para a restauração do pavimento e melhorias no Contorno Sul. Os recursos também já estão garantidos.

Paralelamente, o Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba) e o DNIT trabalharão juntos para desenvolver um projeto com outras intervenções na avenida Juscelino Kubitschek, como trincheiras, passarelas e viadutos. Os recursos para estas últimas obras poderão ser incluídos no orçamento da União para 2011.

A parceria do DNIT com a Prefeitura neste projeto também foi acordada pelo prefeito Luciano Ducci, em Brasília. Todo o desenvolvimento do projeto terá o acompanhamento dos técnicos do DNIT para que sejam atendidas as normas para este tipo de rodovia. O projeto garantido pela Prefeitura de Curitiba será doado ao DNIT para sua licitação e execução.

Participaram da reunião, que aconteceu na Kraft Foods, o assessor de projetos especiais da Prefeitura, Maurício Ferrante, o presidente do Ippuc, Cléver Almeida, técnicos do Instituto, da Agência Curitiba S/A, da assessoria do prefeito, do DNIT e da Kraft.