Começa hoje, às 13h, a exibição do horário eleitoral gratuito pela televisão. Ele é repetido também às 20h30. Enquanto muitos vão ficar descontes por terem que “engolir” a apresentação de candidatos a vereador e a prefeito, uma classe em especial comemora: os proprietários de videolocadoras. Não existe com exatidão um percentual de quanto a procura por fitas de vídeo e DVDs aumenta nesse período, mas é inquestionável que, em Curitiba, as pessoas usam essa opção para fugir da programação da TV.

Segundo Neusa Margareth de Souza, proprietária de duas vídeo locadoras da rede Status, o aumento pela procura de filmes é quase de 50% nessa época. “Os mais procurados são os lançamentos, preferencialmente os filmes de aventura”, disse, comemorando a existência do horário político. “Deveria ter o ano inteiro. Eu dificilmente assisto e vejo que o povo também não assiste. As pessoas não acreditam mais em nada. Estão saturados de mentiras”, afirmou.

A proprietária da JHS Videolocadora, Cláudia de Melo, disse que em período eleitoral a procura pelos filmes aumenta até 30%. Ela explicou que as pessoas que não são assíduas locadoras de filmes acabam os consumindo com maior freqüência. “A mesma coisa acontece no Carnaval. As pessoas que não gostam de ver os desfiles acabam apelando para os filmes”, revelou. Ela disse que dificilmente assiste ao horário eleitoral. “Pelo que nós conversamos, a maioria das pessoas não usa esse horário para escolher seu candidato. Vota por indicação ou por conhecer alguém”, destacou.