enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Livro destaca a fundição artística

  • Por Joyce Carvalho

As obras públicas feitas em bronze, como os bustos colocados em praças, estão acabando. E o fenômeno propicia o esquecimento da técnica de fundição artística, muito utilizada para a produção de peças em bronze. É um processo artesanal, que está deixando de ser repassado para os escultores mais jovens. Diante disso, o escultor Elvo Benito Damo resolveu tornar público os 20 anos de experiência na utilização da técnica. Ele vai lançar um livro sobre o assunto no próximo dia 17.

A fundição artística, conhecida também como, escultura em bronze pelo processo de cera perdida é uma técnica milenar utilizada para a produção de peças e obras de arte em bronze.

Durante a confecção, o escultor faz um modelo em argila, produz um negativo em cera de abelha e passa uma massa refratária. Essa vai para o forno, onde a cera de abelha é queimada e desaparece. Fica apenas o molde, no qual é despejado o bronze líquido. Todo o processo será demonstrado durante o lançamento do livro. ?Queremos mostrar o significado desta técnica. Infelizmente, ela vem se perdendo porque não existem escolas que se dedicam a isso?, afirma Damo.

A literatura existente sobre a fundição artística é toda estrangeira. Além das dificuldades de tradução, as publicações mostram materiais que não são utilizados aqui. No livro, produzido pelo escultor de Curitiba, há a apresentação de casos práticos, com ilustrações.

O lançamento do livro Fundição Artística Escultura em Bronze pelo Processo de Cera Perdida acontece na próxima quinta-feira, a partir das 18h, no Atelier de Escultura do Centro de Criatividade de Curitiba, no Parque São Lourenço. Mais informações no e-mail elvo@netpar.com.br.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas