O Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec) elaborou, com recursos da Petrobrás e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o protótipo do primeiro medidor de gás pré-pago do Brasil. O equipamento – desenvolvido em parceria com a Companhia Paranaense de Gás (Compagas), a Redegás Energia e a Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG) – já está disponível para o repasse da tecnologia.

O medidor vai ajudar os consumidores a controlar os gastos de gás por meio de um cartão de leitura com créditos comprados direto da companhia fornecedora. O sistema também avisa o usuário da necessidade de aquisição de novos créditos para evitar cortes no fornecimento.

De acordo com o pesquisador do Departamento de Eletromecânica do Lactec, André Manzolli, o novo sistema traz mais controle com os gastos da casa, principalmente nos condomínios e conjuntos que usam centrais de gás. ?Quando a pessoa tem um botijão em casa, ela sabe o quanto pode gastar. O pré-pago funciona quase da mesma forma. A vantagem é que ela compra os créditos e usa exatamente o quanto gastou, sem precisar carregar e trocar os botijões?, explica.

André Manzolli lembra também que o sistema foi desenvolvido para evitar cortes no fornecimento. ?O aparelho avisa quando os créditos estão acabando. Mesmo assim, existe a possibilidade de a concessionária, em pré-acordo com o cliente, fornecer créditos negativos que podem ser cobrados em uma nova recarga?, explica. O pesquisador salienta ainda que o sistema é seguro também para as companhias fornecedoras de gás, já que evita inadimplências e possui vários dispositivos antifraude.

O projeto foi iniciado em dezembro de 2005 e já foi apresentado no III Encontro Temático RedegasEnergia, em Natal, no Rio Grande do Norte. As parcerias que o Lactec busca para o equipamento podem viabilizar as instalações em condomínios de baixa renda. O foco principal do Medidor de Gás Pré-Pago é o consumidor das classes C e D.